Back to Blog

Documentoscopia: o que é e como automatizar o processo

Alan Faleiro

Para a prevenção de fraudes nas empresas, a verificação da autenticidade de documentos de identidade representa uma medida bastante eficaz, independente do segmento e tamanho do negócio.

Esse processo de análise documental pode ser realizado com o auxílio de dois métodos: a biometria facial e a documentoscopia. 

No caso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a verificação de autenticidade pode ser realizada por meio da tecnologia de biometria facial, consultando o banco de dados do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Já no caso de pessoas que possuem apenas Registro de Identidade (RG), a verificação da autenticidade do documento funciona de modo diferente, precisando passar pela chamada documentoscopia.

Neste blog, vamos explicar melhor o que é o procedimento e como é possível automatizá-lo com o auxílio da tecnologia da CAF. Siga com a leitura e descubra!


Afinal, o que é a documentoscopia?


Vamos começar pela construção da palavra. “Scopia” é um sufixo que tem origem no grego, “skopéo” e quer dizer “observação”.

Se formos dissecar a palavra inteira - documentoscopia - já é possível entender que esse processo se trata, em linhas bem gerais, da observação ou exame de documentos.

A documentoscopia pode ser feita com qualquer tipo de documento, mas aqui vamos focar na análise de RGs, que é o que interessa no nosso contexto. 

Indo um pouco mais a fundo no sentido da palavra, podemos dizer que documentoscopia é o estudo de diversos aspectos de um documento que, por fim, permitem comprovar sua autenticidade. Em outras palavras, é a análise forense do documento, uma perícia, em que cada aspecto é observado.

Nesse contexto, existem vários tipos de fraudes. Há desde as situações de adulteração em que é muito fácil perceber que se trata de um documento falso, até documentos muito bem editados, em que só um alinhamento errado ou a troca de um número ou letra podem delatar a fraude.

É por isso que a documentoscopia é um trabalho de detalhes, que vai dos mais grosseiros aos mais sutis. Assim, o laudo de autenticidade é sempre feito com base no conjunto desses detalhes, ou seja, levando em conta o documento como um todo.

Para você entender melhor a dinâmica, o próximo tópico explica com mais detalhes como a documentoscopia é feita nas empresas. Confira!


Em busca de um curso de documentoscopia? Abordamos esse tema e muito mais na nossa certificação gratuita em Combate à Fraude e Compliance. Clique aqui e saiba como participar!


O processo de documentoscopia manual


Hoje, no mercado, as empresas que fazem documentoscopia trabalham com uma mesa de análise manual. 

Como o nome sugere, é uma mesa física com cem, duzentos, trezentos funcionários contratados para fazer uma análise manual dos RGs que passam pelo onboarding para avaliar se eles são verdadeiros ou não.

O processo pode ser resumido em os funcionários receberem a foto da frente e do verso de cada RG que as pessoas enviam, e, a partir disso, fazerem a análise.

Trata-se de um trabalho minucioso e, por isso, é fundamental que esses funcionários sejam mais do que pessoas treinadas, sejam especialistas.

É aqui que começamos a entrar nos problemas. O primeiro é o volume de documentos enviados para a análise versus o número de funcionários necessários para executar essa tarefa com qualidade.

Quem trabalha há muitos anos com isso, só de olhar o documento já consegue verificar os traços que esse documento apresenta e decifrar a história por trás dele, mas quantas pessoas têm essa competência hoje no Brasil?

Além disso, os funcionários gabaritados custam caro e possuem salários altos devido à sua experiência.

Por isso, hoje, a realidade é que as pessoas que executam a verificação de documentos têm geralmente um ou dois anos de experiência na área.

Isso significa que, quando elas entram na função, não têm tanta vivência direta com análise, elevando as chances de errar e gerar prejuízos para as empresas.

Então, além dos problemas do grande volume e do alto custo, a mesa de análise manual, por mais técnica que ela seja, é também muito subjetiva e, não à toa, costuma registrar uma série de erros.

Diante dessa realidade, pensamos em um jeito de aperfeiçoar esse sistema e criamos uma forma mais rápida, segura e menos custosa, trazendo mais automação para a mesa usando inteligência artificial.


Apresentamos a documentoscopia semi-digital

Com a solução semi-digital, apenas 10% dos RGs passam pelo olho humano de um perito


Na CAF, a documentoscopia é um processo semi-digital, em que 90% dos RGs são avaliados por um sistema inteligente e só os outros 10%, em casos muito específicos, passam pelo olho humano de um perito.

Nesse sentido, vale lembrar que a análise do RG é feita com base em diversos padrões do documento, que devem estar de acordo com o período da emissão dele. Aqui, na CAF, conseguimos transformar todas essas regras em código de programação. 

Por exemplo: um dos indícios de que um RG foi fraudado está no seu alinhamento e o nosso sistema foi ensinado a ler essa informação automaticamente por meio da imagem do documento.

O sistema também consegue identificar, através da foto do RG que chega no onboarding, se o documento foi adulterado digitalmente. Por exemplo, se a pessoa usar o Photoshop e editar o RG, a documentoscopia semi-digital facilmente pode detectar isso, algo que uma pessoa, a olho nu, talvez não consiga.

A documentoscopia semi-digital, portanto, se torna um processo menos subjetivo e menos humano e, com isso, os nossos clientes têm conseguido chegar a um índice muito baixo de fraudes.

E sabe o que é mais revolucionário? É que, para ter um resultado desses, o nosso cliente não paga o valor de um salário mensal dos peritos, ele paga um valor muito baixo por CPF, ou seja, por consulta de documento. 


Ficou interessado e gostaria de saber mais sobre nossa solução de documentoscopia semi-digital?

Você pode clicar neste link para saber mais e, em caso de dúvidas, falar como um de nossos especialistas.

Além disso, tem a chance de solicitar uma demonstração do produto e testar na prática como ele pode te ajudar.


Mais artigos

Lavagem de dinheiro com apostas esportivas: como evitar?

A ausência de regulamentação do mercado de apostas esportivas contribui para que os sites entrem na mira dos fraudadores.

Read Story

Documentoscopia: tudo sobre o processo de perícia documental

Documentoscopia ajuda a comprovar a autenticidade ou falsidade de documentos de identificação como o RG.

Read Story

Os 5 fatores observados na busca pelo melhor site de apostas

Saiba o que é importante para o usuário e não fique para trás na disputa por uma fatia do mercado nacional de apostas esportivas.

Read Story

Não perca uma postagem.

Se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo assim que publicado.
Não iremos compartilhar seu email com terceiros.